História da Fundação

Historia1
Ser Franciscana do Senhor é Formar e Educar o Ser Humano conscientizando-o de sua dignidade de Pessoa, a fim de promover a cultura do Amor Evangélico, e acreditar com renovada esperança nos efeitos positivos desta Vocação.

 

A Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor tem sua origem na Itália, mais especificamente em Caltanissetta, uma cidade central da Sicília, da inspiração do Espírito Santo ao coração zeloso de Padre Angelico Lipani em 1885.

Aos Pés do Crucifixo Senhor da Cidade

Vídeo  : Os Nissenos e o Crucifixo Senhor da Cidade

O Crucifixo foi encontrado em uma gruta pelos “fogliamari”, (sicilianos coletores de ervas amargas nativas) numa gruta, aproximadamente entre 1340 a 1360. Logo que o encontraram trouxeram e o introduziram em uma pequena Igreja na periferia de Caltanissetta e o honraram como Senhor da Cidade.

Todos os anos, desde então na Sexta-Feira Santa, os descendentes dos Fogliamari levam o crucifixo nas costas em procissão pelas ruas da cidade.

Padre Angélico em 1872 foi nomeado reitor da igrejinha do Senhor da Cidade. A Ele recorria constantemente em oração para vencer as inúmeras provações e desafios da missão e aos pés deste Crucifixo recebeu os votos das primeiras irmãs.

Vídeo : Tradição e devoção transmitida de geração até nossos dias.

Quem foi Padre Angelico Lipani? 1616539_664287453618067_1045259546_n

Fundador da Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor, Sacerdote Cappuccino da Cidade de Caltanissetta, restaurador da fraternidade cappuccina na mesma cidade que estava dispersa por cauda da supressão das ordens religiosas, professor no seminário diocesano, muito amado e venerado pelos fiéis das diversas classes sociais e do clero da cidade, e morto em fama de santidade. De uma luminosa espiritualidade e com um envolvente testemunho de caridade. Religioso de santa vida e empreendedor representante de um catolicismo localmente muito radicado, tradicionalmente sensível às necessidades dos pobres e, ao mesmo tempo, aberto a iniciativas de inovadoras formas de assistência caritativa no confronto com as novas situações de necessidade material e moral.  (Cataldo Naro, Angelico Lipani – 1996)

 “I Carusi”: Os meninos sem infância

Historia2A extração de enxofre era a principal atividade econômica da Sicília, mas rendia muito lucro para poucos! Tão grande era a pobreza que muitas famílias se viam obrigadas a entregar seus filhos para os donos das minas. A eles cabia a tarefa de encestar e transportar nas costas até a parte de fora da mina cerca de 30 a50 kg de cascalho  a cada viagem, e repetiam isto inúmeras vezes por dia. Uma fadiga muito superior ao possível de ser suportado por um físico imaturo e muitas vezes mal nutrido. Estes eram os “Carusi”. Padre Angélico liderava as ações fraternas em prol destas famílias, mas sentia que não era o bastante.

 

Vídeo: A sagra das Crianças nas minas

Eram frequentes os acidentes e explosões nas minas, matando muitos mineradores e crianças, além de deixar inúmeras viúvas e órfãos. Frente a esta dura realidade Padre Angélico Fundou, em 1884, contando com a Divina Providência um Instituto para acolher órfãs, auxiliado pelas terciárias franciscanas. Das terciárias  Giuseppina Ruvolo e Grazia Pedano sentiram o desejo de se consagrarem para, com mãos maternas, dar vida aos menores do Reino de Deus, era 15 de outubro de 1885. Mais tarde, das meninas que foram atendidas no Instituto Senhor da Cidade, também brotou o desejo da consagração. A partir destas primeiras o Senhor fez frutificou a plantinha de Padre Angélico e a Congregação cresceu e se espalhou por diversas nações.

Historia3

(Padre Angelico com as primeiras irmãs e órfãs assistidas pelo Instituto Senhor da Cidade)

Aos Pés do Crucifixo Senhor da Cidade Padre Angélico recebeu a inspiração do Espírito de Deus do que haveria de fazer em meio a realidade se sua época: acolher os menores do Reino! Não ficou muito tempo sozinho, Deus suscitou mulheres corajosas, que se consagrando radicalmente ao Evangelho deram continuidade a este Carisma.

Vídeo: Ser Franciscana hoje!

Endereço

Rua Sagrada Família, 120
Bairro: Bela Vista
Teixeira de Freitas - Bahia
CEP: 45997-025
E-mail: faleconosco@ifrans.org.br
Fone: (73) 3292-4800